A lenda dos filmes de ação Bruce Willis aparentemente está prestes a começar uma batalha judicial para garantir que ele possa transferir a sua gigantesca coleção no iTunes para seus filhos quando ele morrer.

O Daily Mail diz que Willis está preocupado com o fato de que após a sua morte, a sua coleção inteira de músicas seja revertida para a Apple. Como resultado, ele está determinado a garantir que as canções sejam repassadas para suas três filhas.



Até agora, ele está atrás de “familiares confiáveis” que ajam como detentores legais da música baixada. Mas o Mail também informa que Willis está preparado para ir à justiça contra a Apple para resolver essa questão. Falando ao jornal, o advogado Chris Walton explicou:

“Muitas pessoas ficariam surpresas em saber que todas aquelas músicas e livros que elas compraram ao longo dos anos na verdade não pertencem a elas. É apenas natural que você queira passá-las a entes queridos. A lei vai funcionar, mas idealmente a Apple e outras parecidas atualizarão as suas políticas e trabalhar em soluções melhores para seus clientes.”

Embora a ideia de Willis brigando com a Apple para passar seus MP3s para suas filhas soe um pouco absurdo, isso pode definir um precedente com potencial de moldar o futuro dos direitos digitais. Nesse meio tempo, porém, vamos assistir a Bruce Willis cantando Under The Boardwalk, música que certamente deve estar no topo das que ele quer deixar para a sua família. [Daily Mail via Guardian]

Atualização: parece que, afinal, não não passou de um boato criado pelo Daily Mail. Pelo Twitter, Emma Heming-Willis, esposa de Bruce, desmentiu a história, então, não, ele não está processando a Apple. [TechCrunch]