Más notícias, pedófilos da internet: em breve vocês estarão na mira de um supercomputador. Durante o próximo ano, um milhão de horas de processamento do supercomputador Jaguar, de 1.8 teraflops, que fica no Oak Ridge Labs, serão dedicados à caça de produtores de conteúdo pornográfico que envolve crianças na internet.

Preocupado com a possibilidade do crescimento vertiginoso do número de pedófilos de internet, que tentam criar uma versão doentia da web, Grier Weeks, diretor executivo da Associação Nacional de Proteção Infantil dos EUA, fez um apelo aos cientistas do Oak Ridge, gigantesco laboratório de computação no estado do Tennessee. Eles não titubearam em empresar o Jaguar, um dos supercomputadores mais rápidos do mundo, para ajudá-lo.

Robert Patton, investigador chefe do Oak Ridge, criou uma série de algorítimos que monitora o tráfego do P2P, buscas que envolvem pedofilia, e analisa como vários endereços de IP respondem aos sites expostos. Com o tempo será possível determinar exatamente de onde o material ilícito começou a ser espalhado, diz Patton. Eu imagino que até o mais imbecil dos criminosos entenderá que se esconder de um supercomputador é uma péssima ideia. [New Scientist]