O mês de fevereiro será pouco agitado para os amantes de astronomia. Mas nada de desanimar: o Gizmodo Brasil separou os principais fenômenos astronômicos que você precisa conferir neste mês. Já que são poucas as oportunidades, já deixe as datas anotadas para não perder nada. 

1º de fevereiro – Lua Nova

À primeira vista, a Lua Nova pode não parecer tão emocionante assim. Afinal, durante esta fase, o satélite natural fica totalmente oculto no céu. 

Por outro lado, esta é a melhor época para observar galáxias e aglomerados de estrelas, já que o brilho da Lua não está presente para interferir. Se você tiver um binóculo ou telescópio, é um bom momento para tirá-lo do armário.

7 de fevereiro – Ocultação lunar de Urano

O nome “Ocultação Lunar de Urano” é praticamente autoexplicativo. Em resumo, o fenômeno ocorre quando a Lua passa em frente ao planeta, bloqueando-o da nossa perspectiva.

Infelizmente, o evento será visível apenas para aqueles que estiverem navegando pelo extremo sul do oceano Atlântico. Mas esta é apenas a primeira ocultação lunar de Urano prevista para 2022. Outras nove devem ocorrer ao longo do ano – e muitas poderão ser vistas de áreas habitadas da Terra.

8 de fevereiro – Chuva de meteoros Alfa Centaurídeos

A chuva de meteoros Alfa Centaurídeos ocorre anualmente entre os dias 28 de janeiro e 21 de fevereiro. Em 2022, ela deve atingir seu pico na noite de 8 de fevereiro, com cerca de cinco meteoros atravessando o céu a cada hora. 

Seus meteoros irradiam da constelação Centaurus, então vale a pena olhar para ela. Aplicativos como o Sky View e o Carta Celeste podem ajudar neste processo.

16 de fevereiro – Maior elongação ocidental de Mercúrio 

Nesta data, Mercúrio estará em sua maior distância do Sol e, consequentemente, menos ofuscado pelo brilho do estrelão. Este é o melhor momento para observar o planeta, que estará em seu ponto mais alto acima do horizonte durante a manhã. 

Mas veja bem: não invente de dormir demais. Para observar o planeta, é preciso olhar para o céu antes mesmo do nascer do Sol. Estar em uma área aberta e com pouca iluminação artificial é indicado não apenas para este, mas para todos os eventos astronômicos.

Confira aqui outros fenômenos astronômicos marcados para 2022.