por Felipe Ventura

Aqui na feira CES 2016, uma obsessão das fabricantes é fazer com que todo dispositivo “inteligente” – ou seja, conectado via Bluetooth – melhore a sua saúde. Há coisas desde um cinto que mede seus passos, até um colchão que promete melhorar a qualidade do seu sono.

>>> Dezesseis sensores garantem que este termômetro faça leituras instantâneas de temperatura
>>> Esta pulseira permite que você controle um robô BB-8 usando apenas a Força

A It Bed, da americana Sleep Number, possui sensores embutidos dentro do colchão que detectam mudanças na pressão “centenas de vezes por segundo” – trata-se da tecnologia SleepIQ.

Dessa forma, ele consegue medir seus batimentos cardíacos, taxa de respiração e seus movimentos em geral para entender se você está dormindo de forma tranquila ou não.

it bed by Sleep Number (2)

Esses dados são transmitidos via Bluetooth para seu smartphone ou tablet rodando iOS ou Android. Lá, você pode ver sua taxa média de batimentos cardíacos, ritmo médio de respiração, e quanto tempo você teve um sono tranquilo (ou atribulado) na cama.

Há também a SleepIQ API que permite injetar dados de outros dispositivos inteligentes – incluindo exercícios, alimentação, entre outros – para que a cama sugira hábitos melhores de sono.

Um algoritmo envia esses dados à nuvem para análise, e pode dar algumas dicas úteis. Na demonstração que vimos, o SleepIQ sugere que um usuário dorme melhor quando faz exercícios pela manhã.

Não é apenas isso que qualifica a It Bed como uma “cama inteligente”. Veja só, ela é composta por espuma e, dentro dela, há câmaras de ar que permitem ajustar a firmeza do colchão.

Assim, se a It Bed sabe que você andou bastante em determinado dia, ela pode deixar a cama mais macia e confortável para você descansar melhor.

it bed by Sleep Number (4)

A cama que vimos era um modelo queen size, e cada um dos dois lados era regulado de forma separada: ou seja, ela acompanha separadamente o sono da pessoa que dorme à esquerda e à direita. Ela também ajusta a firmeza do colchão separadamente: ele pode ficar mais rígido de um lado, e menos de outro.

Os componentes Wi-Fi e Bluetooth, mais os eletrônicos para regulagem da cama, ficam em uma das extremidades do colchão, e você precisa carregá-los na tomada – sim, é mais com gadget para você se preocupar.

it bed by Sleep Number (3)

Isso tudo realmente funciona? Bem, a Sleep Number existe há 25 anos e já vende colchões com SleepIQ opcional há algum tempo.

O colchão queen size da It Bed será vendido exclusivamente pela Sleep Number em meados de 2016 por cerca de US$ 1.000. Base e cabeceira serão vendidos separadamente.

O Gizmodo Brasil viajou para Las Vegas a convite da Samsung.