Um fotógrafo amarrou a sua Canon Rebel XT ao capacete enquanto fazia skydiving, mas em vez de capturar um monte de imagens aéreas bacanas, a câmera se desprendeu e partiu em uma queda livre de pouco mais de 900 metros até o chão. E quer saber? Inacreditavelmente, tanto a câmera quanto a lente ainda estão 100% funcionais.

Segundo um amigo do fotógrafo:

Impressionantemente, a Rebel sobreviveu à queda e o meu amigo continua usando-a até hoje. Ela ficou com uma rachadura no corpo de plástico, e a lente do kit ficou um pouco solta na hora de dar zoou, mas ainda funcional. Eu gostaria de saber se existe alguma história parecida com essa, mas duvido. Pode ser inclusive um recorde mundial (de altura da qual uma câmera caiu e sobreviveu).

As imagens mostram que a câmera está mesmo notavelmente intacta, inclusive com o viewfinder funcional. Não recomendamos atirar a sua DSLR pela janela de um avião, mas é legal saber que, se você fizer isso, existe uma mínima chance dela não morrer. [FredMiranda via Canon Rumors via Crunchgear]