A Fujifilm revelou hoje sua câmera X-series com lentes intercambiáveis ​​e feita para quem está começando em fotografia. A X-M1 possui o mesmo sensor APS-C de 16,3 megapixels presente em modelos mais caros, como a X-Pro1 e a X-E1.

A X-M1 é uma câmera mirrorless, um intermédio entre modelos point-and-shoot compactos e câmeras profissionais. Ela possui tela basculante de 3 polegadas e Wi-Fi embutido para transferir arquivos de forma fácil. No entanto, o novo corpo simplificado da câmera não tem mira para seu olho – você precisa usar a tela para enquadrar suas fotos.



O maior atrativo da X-M1 é o preço mais barato: o corpo custa apenas US$ 700. Com a lente kit f/3.5-5.6 16-50mm (equivalente a 24-76mm), ela sairá por US$ 800. Isso é consideravelmente mais barato do que os modelos anteriores com lentes intercambiáveis ​​da Fujifilm.

Fujifilm X-M1 (3)

Não é incomum ver empresas ajustarem os recursos de uma câmera para oferecê-la a preços menores, e encontrar a combinação mágica que a fará ser um sucesso no mercado.

Como nós já tivemos a chance de testar algumas das configurações anteriores da X-M1, podemos dizer o que já sabemos: o sensor de imagem é capaz de fotos maravilhosas. Por outro lado, nas câmeras anteriores, o foco automático e gravação de vídeo HD muitas vezes deixou a desejar.

Nessa faixa de preço, porém, a X-M1 será muito atraente para quem considera o sistema da Fujifilm muito caro. Aqui, você recebe tudo o que precisa para começar. Se você quiser mais no futuro, há modelos melhores e mais caros. [Fujifilm X-M1]

Fujifilm X-M1 (2)