As imagens de longa exposição da ascensão dos foguetes são bonitas, né? Só não ficou muito bonito o estrago que o último lançamento da Falcon 9, da SpaceX, causou na câmera do fotógrafo Bill Ingalls.

Ingalls trabalha fotografando lançamentos há quase 30 anos. No último, realizado na última terça-feira (22), na base da força aérea Vanderberg, na Califórnia, ele posicionou um arranjo de cinco câmeras para captar a cena.

Fotógrafo brasileiro é desqualificado de concurso por supostamente usar tamanduá empalhado
Por que seu nariz parece gigante quando você tira selfies?

Segundo ele, em sua página no Facebook, essa só queimou, pois houve um pequeno incêndio durante o processo, o que é normal, e deixou o equipamento dele desse jeito. As outras passam bem e não sofreram avarias.

Ainda que não tenha gostado de ter perdido o equipamento, o fotógrafo ressaltou que não foi a pouca distância do lançamento que causou esse acidente, pois ele tinha outras câmeras muito mais próximas do local. A boa notícia é que pelo menos ele conseguiu recuperar o cartão de memória.

Antes da câmera pegar fogo, Ingalls conseguiu capturar remotamente uma bela imagem do foguete partindo e uma outra em que é possível ver muitas chamas — provavelmente, as que iniciaram o incêndio no equipamento.

O lançamento da última terça-feira da Falcon 9, segundo a NASA, carregava satélites que “vão medir mudanças em como a massa é redistribuída na atmosfera da Terra, oceanos, da terra e das calotas de gelo”.

[SF Gate]

Imagem do topo por Bill Ingalls/Facebook