Matt, o cara que literalmente dançou ao redor do mundo, descobriu da maneira mais difícil que os turistas espaciais serão incapazes de levar câmeras HD SR1 da Sony para a órbita que a microgravidade não as permite.

O pobre Matt descobriu isso realmente da maneira mais dura. Após desembolsar 3500 dólares por um ingresso numa atração de vôo em gravidade zero, ele tentou filmar sua dancinha em baixa gravidade nada menos que 15 vezes antes de desistir. A câmera novíssima simplesmente não gravava.

O porquê? Bom, não tinha nada a ver com o cameraman e tudo a ver com a gravidade zero (que, na verdade, era microgravidade). Como um objeto em microgravidade está de fato caindo em direção à Terra, a proteção contra queda do disco rígido da câmera ficava ativando o tempo todo, inutilizando o caro aparelho.

A solução foi comprar outro ingresso e outra câmera HD, desta vez com um disco em flash. O resultado está abaixo aos 3:53 (você também pode ir até o YouTube e assistir ao vídeo inteiro em HD – é melhor assim).

Agora, obviamente, astronautas da NASA e sondas têm câmeras HD que funcionam perfeitamente em órbita em torno da Terra e em outros pontos do sistema solar, portanto esta pequena anedota serve mais para os turistas espaciais podres de ricos. Deixem as suas câmeras não-flash em casa. [Pogue]