A última criação do MIT, um carro solar veloz atrevidamente chamado de Eleanor, é capaz de chegar a 145 km/h (bom para atrair a galera pé-de-chumbo) e vem com tecnologia que em breve poderá ser vista nos principais híbridos (bom para todos os demais).

Eleanor, com suas linhas típicas de disco voador e pele de painel solar, foi construída por estudantes da Equipe de Veículo Elétrico Solar do MIT. A tecnologia de ponta contida dentro do veículo elétrico vem com uma etiqueta nada surpreendente de 243 mil dólares.

Ao final deste mês, o veículo elétrico triciclo competirá no World Solar Challenge, uma corrida de 7 dias e 3200km que atravessa os cafundós australianos cuja estratégia de troca de baterias é tão grande quanto a de manter o acelerador atochado lá no chão.

Curiosidade: mesmo sem grande quantidade de luz solar para carregar as baterias, o carro poderia ir do Rio de Janeiro até São Paulo com uma única carga a uma velocidade média de 88 km/h. Nada mau, e ainda é melhor que ir naqueles ônibus cata-cornos que vemos por aí. [Wired]