O novo cartão SD de 64GB da Delkin pode ser “o cartão SDXC mais rápido do mundo”, e com velocidades de leitura e escrita respectivamente de 95Mbps e 45Mbps, não é difícil de acreditar. Mas a US$540, quem compraria um cartão desses?

540 dólares definitivamente é um preço para profissionais, só que hoje cartões SD são voltados a produtos para consumidores comuns. Todas as câmeras profissionais ainda dependem de Compact Flash como forma principal de armazenamento. É fácil entender o motivo, já que a memória Compact Flash é mais barata e mais rápida. Para efeito de comparação, um cartão Compact Flash de 64GB da Transcend, com velocidades de leitura e escrita respectivamente de 90Mbps e 60Mbps, custa só US$190 em diversas lojas online.

Dito isto, a situação poderia mudar à medida que mais cartões assim chegam ao mercado. Por exemplo, a semiprofissional Nikon D300s tem uma entrada secundária para cartão SD, além da entrada principal para Compact Flash. À medida que a tecnologia continua a evoluir, tendendo para dispositivos menores e mais rápidos, faz sentido que o SD ganhe do desajeitado formato CF em algum momento do futuro, mas esse momento ainda está por vir. Por enquanto, você pode rir de quem gastar US$540 em um cartão SD do qual nem dá pra tirar vantagem ainda. [Engadget]