No ano passado, a Qualcomm anunciou os primeiros computadores que eles chamam Always Connected. A categoria descreve laptops com características de smartphone. Por isso, entenda estar sempre conectado à internet, ser rápido (desbloqueou e já está lá pronto para ser usado) e ter uma boa eficiência de bateria.

O 5G já está em testes nos EUA, mas ainda falta dar uma noção real de velocidade da rede
As novidades do chip Snapdragon 855, que estará nos smartphones topo de linha de 2019

Agora, a desenvolvedora de chips anunciou durante o Snapdragon Summit uma nova opção que deve equipar computadores desta categoria em 2019. Trata-se do SoC (System on a Chip) Qualcomm 8cx de 7 nm. Como novidade, a Qualcomm promete oferecer dias de bateria, “desempenho extremo” e conectividade contínua.

O Qualcomm 8cx é, segundo a companhia, o chip mais avançado já lançado por eles, superando inclusive o Snapdragon 855, a opção da companhia para smartphones topo de linha. Ele tem uma CPU Kyro 495 octa-core que promete um bom uso para quem utiliza o computador para tarefas de produtividade, além de ser uma opção para o mercado corporativo — a companhia anunciou que o Windows 10 Enterprise será compatível e que está trabalhando com Vmware e outras provedoras de software para adaptar suas aplicações para a arquitetura.

Crédito: Guilherme Tagiaroli/Gizmodo Brasil

Em uma demonstração conduzida pela empresa com um protótipo equipado com o novo chip (o aparelho que abre este post), foi possível ver um pouco do poder do Qualcomm 8cx. O computador conseguiu lidar sem problemas com dois navegadores (Chromium e Microsoft Edge) com 5 abas e Adobe Photoshop e Lightroom abertos — lembrando que estes dois softwares são emulados na plataforma da Qualcomm, pois foram desenvolvidos para arquitetura x86, e não ARM (usada por dispositivos móveis como smartphones).

Pelo menos não travou quando acessamos o site mostrado na tela. Crédito: Guilherme Tagiaroli/Gizmodo Brasil

A desenvolvedora do chip fez também questão de dizer que com sua nova solução as baterias de laptop não vão mais ser contadas em horas, mas em dias. No ano passado, falava-se em laptops com até 20 horas de autonomia; vai ser interessante ver se esse tipo de promessa vai ser, de fato, concretizada.

A GPU Adreno 680 é 60% mais eficiente que a do seu antecessor, o Snapdragon 850, e ela vai possibilitar, por exemplo, que as pessoas possam conectar o dispositivo com até dois monitores 4K externos.

Por parte de conectividade, o chip será compatível com o modem X24, da Qualcomm, que oferece conectividade 4G de até 2Gbps. No entanto, de acordo com a companhia, em 2019 eles devem contar com laptops que sejam equipados com modem 5G.

Por que diabos eu nunca vi um laptop desses no Brasil?

Algumas marcas — como Samsung, Asus, HP e Lenovo — chegaram a lançar alguns aparelhos durante o ano, mas não teve tanta aderência — os laptops ficaram restritos a alguns mercados (nenhum chegou no mercado brasileiro via varejo) e havia uma preocupação em fazer com que softwares convencionais funcionassem bem na nova categoria de PCs — imagina só a treta que é fazer com que um Photoshop da vida, que é feito há anos para computadores Intel na plataforma x86, funcionar eu um ambiente com um chip ARM pensado para smartphones.

Em conversa com o Gizmodo Brasil, Don McGuire, vice-presidente de marketing da Qualcomm Technologies, nos disse que este produto ficou restrito a alguns mercados (especificamente EUA, Europa e China), mas que vê potencial em países como o Brasil.

“Estamos analisando oportunidades com operadoras locais, como a Telefônica, para levar esse tipo de computador para um número maior de consumidores. Mesmo assim, ainda precisamos ter uma variedade de dispositivos”, afirmou.

Para McGuire, esses computadores só terão sucesso em países em desenvolvimento quando tiverem preço abaixo dos US$ 500 (cerca de R$ 1.950 na cotação atual). Além disso, por terem conexão móvel, esses aparelhos Always Connected teriam de ter boas ofertas em varejistas e mesmo em operadoras de telefonia móvel, que poderiam vendê-lo com um plano de dados.

Atualmente, o mercado de PCs está bem tímido — o único ramo que tem crescido dentro do setor é o de games. Fora isso, as pessoas têm trocado muito menos de computador, pois boa parte dos seus serviços rodam diretamente na web. Laptops com o chip mais avançado da Qualcomm só serão lançados no 3º trimestre de 2019, então, o que pode rolar é chegar ao Brasil algumas das opções com Snapdragon 835 e 850.

A categoria tem uma premissa interessante (fazer com que seu laptop seja tão conectado, móvel e rápido como seu smartphone), porém, dado o ciclo demorado para troca de PCs, talvez, num primeiro momento, esses laptops Always Connected seja um item para early adopters e só, posteriormente, ser um item que atinja as massas.

*O jornalista viajou para Maui (Havaí) a convite da Qualcomm