Com instruções em mensagens de texto enviadas por um colega, um cirurgião britânico no Congo amputou com sucesso a clavícula e a omoplata gangrenosas de um adolescente que teve seus braços arrancados em um acidente.

O cirurgião David Nott enviou uma mensagem a seu colega no Reino Unido Meirion Thomas, um expert nesse tipo de operação delicada, que respondeu enviando dez passos necessários para a execução da cirurgia. “Fácil! Boa sorte!”

Particularmente, acho que seria melhor se ele tivesse feito uma chamada normal em vez de trocar mensagens de texto, mas a operação ocorreu sem problemas. Nott disse que foi como se ele tivesse “um anjo da guarda” em seu ombro esquerdo instruindo-o. De fato, um anjo da guarda em formato de celular. [CNN]