De olho num mercado em constante ascensão, a Claro anunciou um serviço de assinatura dedicado a gamers. Batizado de Claro Gaming, custa R$ 40 mensais e é cobrado como adicional à banda larga da companhia. A promessa da operadora é que, assinando o produto, os usuários tenham menos ping, atendimento especializado 24 horas e benefícios com itens especiais em alguns jogos parceiros.

O site do Claro Gaming recomenda a assinatura para aqueles consumidores que possuem conexões acima de 120 Mbps, mas afirma que está disponível para qualquer velocidade.



Para diminuir o ping (tempo de resposta entre o servidor do game e o seu dispositivo), a companhia recorreu a uma parceria com a NoPing, empresa nacional que tem servidores espalhados pelo mundo e um software que otimiza a conexão para percorrer rotas mais curtas.

Essa vantagem está disponível somente para os gamers que jogam no PC com Windows, já que depende de um programa instalado na máquina. A contratação avulsa desse serviço sai por R$ 19,90 mensais, direto no site da NoPing.

A Claro afirma ainda que estabeleceu acesso direto a alguns servidores brasileiros das plataformas de streaming de vídeos de games e utilizará a CDNs para acelerar a entrega de vídeos que não sejam ao vivo.

Os gamers que assinarem receberão presentes em algum dos jogos parceiros e um pacote mensal de benefícios. Há skins para games como Rainbow Six e PUBG; descontos para compra de equipamentos e itens relacionados ao universo de games; sorteios de viagens para os principais eventos de e-sports do mundo e acesso a pré-venda de eventos no Brasil.

Quem assina o combo da Claro que inclui a internet banda larga fixa e o celular pós-pago tem benefícios como franquia adicional para plataformas de streaming como Youtube, Twitch e Facebook Gaming.

O atendimento especializado, segundo a operadora, garantirá conhecimento técnico apurado e em uma linguagem próxima a dos jogadores, com mais objetividade.

Por fim, o serviço promete otimizar a conexão da casa com o serviço WiFi 360º Plus, que instala uma rede Mesh, cobrindo todos os pontos cegos da residência, e o Ponto Ultra um serviço de cabeamento, em que o técnico da empresa passa o cabo ethernet pela residência até o console ou computador que terá conexão a internet. Não está claro, porém, se esses dois recursos serão cobrados à parte ou se estão inclusos no pacote. Entramos em contato com a Claro e atualizaremos assim que houver uma resposta.