Um casal de idosos se senta em um banco com vista para um parque cheio de neve. A mulher olha para o seu parceiro, de forma apaixonada, e ele devolve o olhar com um sorriso. A música do piano se sobressai, e eles voltam a observar o parque. Este é, obviamente, um anúncio de pornografia.

O PornHub decidiu exibir uma propaganda do seu site durante o Super Bowl – no entanto, eles foram vetados.

O Super Bowl é a final do campeonato de futebol americano, evento televisivo mais assistido dos EUA: no ano passado, foram 111,3 milhões de telespectadores – a maior audiência da história do país. Por isso, quem exibe propaganda durante o evento precisa pagar uma pequena fortuna: um comercial de 30 segundos custa, este ano, absurdos US$4 milhões.

Se o PornHub estava disposto a pagar tanto, por que seu comercial foi banido? Bem, não há qualquer conteúdo eXXXtremo no vídeo, é claro. O problema seria direcionar milhões e milhões de famílias felizes assistindo futebol americano para um site de pornografia hardcore com fluidos corporais voando logo na página inicial.

Ainda assim, o anúncio é bem bonitinho e encantadoramente subversivo. O Pornhub colocou uma enquete junto ao vídeo para saber o que os usuários acham: a propaganda deveria ser exibida na TV ou não? (Este link é SFW, apesar do endereço do site não ser.) Mas provavelmente o Pornhub já ganhou o dinheiro de volta com a exposição do caso. E nos deu a propaganda sobre pornografia mais adorável que já vimos.

Se o vídeo acima for removido do YouTube, você pode assisti-lo aqui: [Pornhub via BetaBeat]