Ovos podres, urina de gato, amêndoas amargas — esta é a deliciosa mistura que compõe o aroma do cometa 67P. Em uma emocionante iniciativa nerd, membros da equipe da missão Rosetta encomendaram para a empresa The Aroma Company a transformação dessa fragrância em perfume.

>>> Cientistas encontram os elementos básicos da vida em um cometa
>>> Finalmente sabemos o que tem dentro do cometa 67P, que recebeu a visita da sonda Rosetta



Sim, é isso mesmo que você leu. O cometa 67P foi cheirado rapidamente pela sonda Philae antes de morrer na rocha espacial; e agora esse aroma — inspirado pela combinação de sulfeto de hidrogênio, amônia e cianeto de hidrogênio — vai virar perfume.

Colin Snodgrass, o cientista por trás do projeto, planeja impregnar cartões postais com essa essência e enviá-los para os cantos mais distantes da Terra, para que todos os humanos possam apreciar como o sistema solar cheira mal.

Um repórter da New Scientist recentemente conseguiu dar uma cheirada exclusiva no cometa 67P. Ele descreveu o aroma como “acentuado” e “desagradável”, comparando-o a uma presença física dentro de seu crânio. A equipe da missão Rosetta, no entanto, trata a mistura com certo carinho, comparando-a à essência de um lírio.

Se essas descrições conflitantes forem insatisfatórias, você pode descobrir o cheio da Rosetta em primeira mão pegando uma amostra grátis do perfume durante uma exibição no Royal Society, em Londres, em julho, ou ao ter acesso a um dos cartões postais.

[New Scientist]

Imagem por ESA/Rosetta/NavCam