O cloud computing faz parte do sucesso de muitas empresas que estão engrenando por aí. Empresas diferentes, que usufruem dos benefícios do serviço em nuvem principalmente em função da possibilidade de reduzir custos de manutenção e aquisição de hardware. Além da tecnologia, no entanto, o cloud computing também pode impulsionar o negócio. Especialmente, se a companhia levar a sério o quanto uma inovação deste tipo é importante.

Mas, antes, a análise

Para ser uma empresa migrated to the cloud, duas áreas precisam conversar e atuar em conjunto: a administração e a equipe de TI.  O primeiro passo é fazer uma análise detalhada dos custos e benefícios da adoção de um serviço na nuvem, seja infraestrutura, software ou plataforma. Desta maneira, se torna possível a escolha de uma solução que seja adequada para o modelo de negócio.

Produtividade que vem da nuvem

O uso de software na nuvem é uma medida que pode aumentar a produtividade de uma equipe em até 400%, segundo uma pesquisa da Frost & Sullivan. Em grande parte porque sistemas na nuvem eliminam ou diminuem bastante o uso de e-mails, criando um fluxograma inteligente de produção. Arquivos importantes podem ser baixados de um repositório online, acabando com períodos de espera entre o envio de um e-mail e a resposta.

Além disso, há a possibilidade dos funcionários acessarem documentos importantes a qualquer momento, a partir de um dispositivo conectado à web mesmo que seja preciso fazer login em uma VPN.

Sobra mais tempo para inovar e ser competitivo

De acordo com um estudo realizado pela KPMG com 500 executivos globais em nível C-suite, a nuvem promove transformações disruptivas nos negócios. Os entrevistados afirmaram que a nuvem otimiza informações transformadas em insights de marketing (35%) e ajuda na criação de novos produtos (32%), além de ser importante para a redução de custos (49%), para capacitação da força de trabalho móvel (42%) e para a comunicação com clientes e parceiros (37%).

Esses dados mostram o quanto os serviços em nuvem podem ajudar uma empresa a crescer, não importa qual seja o seu tamanho. Eliminando trabalho que, além de ser mais caro e feito in-house, é mais lento, sobra tempo para investir em novos produtos ou realocar recursos para outras áreas.

Flexibiliade para crescer

Serviços em nuvem ajudam uma empresa a crescer com flexibilidade. Por exemplo, se você tem um site de vendas que recebe muitos acessos simultâneos, digamos, na Black Friday, você terá que acionar mais servidores para lidar com esse pico de visitas.

Em um serviço de nuvem elástica, você consegue manter a página no ar sem precisar intervir na quantidade de servidores necessários, de maneira automática. E o pagamento depende da demanda, o que ajuda a equilibrar as contas em meses em que os negócios não foram muito bem.

Na nuvem, os desastres são menores

Mesmo com serviços de armazenamento de dados na nuvem, a empresa deve se preocupar em fazer backups. No entanto, é possível que tudo seja feito pelo fornecedor – tecnologias de virtualização criam versões clonadas de todos os seus dados para oferecer um recurso fácil de recuperação de informações –, desde que haja a contratação deste serviço.

Há fornecedores, ainda, que permitem aos clientes armazenar seus dados em até três localidades geograficamente distantes, o que assegura um plano de recuperação eficaz.