Tá vendo aquele pontinho no meio do anel? É Saturno. E o anel brilhante, recém-descoberto, tem 21,6 milhões de quilômetros de diâmetro. O proverbial "gorila que ninguém viu" foi descoberto pelo telescópio espacial Spitzer, e deixou os astrônomos sem palavras.

O anel não foi descoberto até então porque ele é tão difuso que reflete pouca luz solar. Isso o torna indetectável por telescópios óticos. Mas as partículas do anel brilham com radiação de calor, e foram captadas pelos instrumentos de infravermelho do Spitzer.

Esta imagem é uma representação artística do que o Spitzer descobriu, nos mostrando, mais uma vez, que ainda não fazemos a menor ideia do que está ao nosso redor. Mal posso esperar para ver a imagem de verdade. [NASA]