O Windows 8 foi lançado só este ano, mas a Microsoft o prepara há bastante tempo. Jensen Harris, da Microsoft, revelou recentemente como era a interface Metro no longínquo ano de 2010.

O Windows 8 já incluía os elementos de interface presentes até hoje: tela Iniciar com blocos dinâmicos, barra de charms, apps Metro em tela cheia, apps lado a lado (Snap), e foco em interações através do toque.

No entanto, está na cara que tudo isso foi refinado até chegar aos consumidores. Por exemplo, a tela Iniciar era poluída com os ícones de cada programa – agora as live tiles alternam entre o ícone e o conteúdo dinâmico. O mockup do app para o Facebook ainda mistura a interface de desktop com o estilo Metro. E nem vou falar nada sobre a horrível barra de charms.

Jensen diz que estas interfaces não eram funcionais: ainda eram mockups, feitos para treinamento interno com o intuito de unificar a visão de todos os designers na equipe do Windows. Ele compara o conceito do Windows 8 à interface final neste vídeo, em sua apresentação na UX Week.

É interessante ver como as bases do Windows 8 já estavam decididas há um bom tempo – era questão de ajustar tudo após o teste dos consumidores. Agora temos uma interface que até crianças podem navegar – mas bêbados, nem tanto. [iStartedSomething via The Verge]