Não era a fúria de Thor ou um portal alienígena. Eis a explicação para a misteriosa espiral gigante que apareceu no céu da Noruega, incluindo uma simulação visual.

O clipe mostra o que seria um foguete ficando sem combustível e girando fora de controle, deixando um rastro parecido com o das fotos e dos vídeos.

O astrônomo norueguês Knut Jørgen Røed Ødegaard diz que é 99,9% certo assumir que era um foguete fora de controle, enquanto alguns jornais e canais de TVs citam fontes militares russas confirmando que se tratava de um míssil Bulava lançado de um submarino nuclear no Mar Branco.

A defesa norueguesa confirmou que, embora não tenha admitido a falha, a marinha russa alertou-a sobre os testes antes de a espiral gigante aparecer no céu. E se isso não é o suficiente para convencer a todos, eis duas imagens de trilhas de mísseis espalhadas pelo vento, ao amanhecer:

Foi mal, gente, nada de invasões alienígenas. Por enquanto. [Agradecimentos a Jon Trygve e todos que escreveram]