O papo sobre HTML5 e o futuro da internet pode ter esfriado um pouco nos últimos meses, mas nós sabemos que ele existe e que realmente pode revolucionar a web – pelo menos é o que a Apple espera. Mas não há melhor maneira de demonstrar quão forte a ferramenta é do que usando boa música, um jogo de janelas incrível e interatividade, certo? E foi isso que a parceria entre Chris Milk, cineasta, Aaron Koblin, chefe do Chrome Experiments, e da banda canadense Arcade Fire criou: uma experiência diferente dentro do browser, em pleno 2010.

Aaron Koblin é um dos criadores do site Chrome Experiments, que acredita que a combinação entre JavaScript e o browser ainda tem muito a oferecer, mas claro, com a ajuda de novos formatos como HTML5 e Canvas, por exemplo. E é aí que mora o ar de novidade do site The Wilderness Downtown. O filme interativo pede que você coloque o endereço de onde você cresceu – infelizmente ele diz que não há informações suficientes para criar o filme em endereços brasileiros por conta da ausência do Street View, mas vale colocar qualquer endereço americano apenas para acompanhar a experiência. Depois de um minuto carregando, o filme começa.



Usando a música “We Used to Wait”, do novo CD da banda canadense Arcade Fire, o filme começa abrindo algumas janelas, e com um rapaz correndo. O que parece ser óbvio começa a ficar interessante com um jogo de telas do personagem correndo, e o uso do Google Maps e do Google Earth para criar interatividade com o local que você escolheu. Uma animação de pequenos pássaros voa com o movimento dos mouses usando HTML5 3D Canvas. E eles voam pelo céu da cidade também. Logo, a tela é tomada por várias janelas, com cenas de vídeos, mapas, ruas das cidades. Uma caixa de mensagem para seus amigos abre, pássaros voam por ela. E tudo acaba com árvores surgindo do nada em cenários imaginários e em sua cidade natal (novamente, uma pena não funcionar por aqui). Não há como explicar em muitas palavras, é preciso gastar alguns minutos na experiência.

O filme pede logo de cara que tudo que você está fazendo seja pausado por alguns minutos. Que abas sejam excluídas, que programas sejam fechados. Ele pede que você, por alguns minutos, entenda como a internet não precisa ser uma correria infernal com dezenas de informações invadindo seu cérebro e que é possível fazer algo único e cativante usando novas linguagens. E também mostra como as já antiquadas janelinhas de browser, que a Wired proclamou estarem mortas, ainda têm vida. E foi assim que a parceria entre uma grande banda, um diretor de cinema e um geek do Google mostrou porque a web ainda está viva. [The Wilderness Downtown]