O Auxílio Emergencial está sendo liberado com algumas restrições. Apesar de o dinheiro cair na poupança digital Caixa Tem, o beneficiário não consegue sacar ou transferir o dinheiro para outros brancos até a data definida pelo calendário do governo federal. No entanto, é possível utilizar carteiras digitais como o PicPay para contornar esse problema e enviar o auxílio usando o cartão digital.

Para fazer a transferência, é necessário criar um cartão de débito virtual da bandeira Elo no Caixa Tem e adicionar o dinheiro pela carteira digital do PicPay. Neste texto, mostramos o passo a passo:

Criando o cartão de débito virtual no Caixa Tem

O primeiro passo para conseguir utilizar o dinheiro do auxílio emergencial sem precisar esperar o calendário de saques e transferências bancárias é criar o cartão de débito virtual no app do Caixa Tem.

Isso permitirá que você pague contas e transfira o dinheiro para carteiras digitais, como o PicPay – a partir dessas carteiras digitais, você pode fazer transferências para qualquer banco.

  1. Abra o aplicativo Caixa Tem;
  2. Toque na opção Cartão de Débito Virtual para gerar o seu cartão;
  3. Copie as informações para cadastrá-las no PicPay.

Transferindo o dinheiro para o PicPay

  1. Abra o aplicativo do PicPay;
  2. Toque em Carteira;
  3. Depois acesse a opção Adicionar e escolha Cartão de débito virtual Caixa;
  4. Em seguida, toque em Já tenho o cartão virtual e insira as informações que copiou no app do Caixa Tem;
  5. Depois, escolha o valor que deseja transferir do Caixa Tem ao PicPay, insira o código de segurança (CVV) e confirme a operação.

Passo a passo para transferir o Auxílio Emergencial para o PicPay

Pode ser que a transferência demore algum tempo, principalmente devido às instabilidades no app do Caixa Tem. Depois que o dinheiro cair no seu PicPay, você pode transferi-lo para qualquer outra conta bancária sem tarifas adicionais ou usar o app para efetuar outras transações.

Importante: o saque do dinheiro pelo PicPay ainda segue o calendário definido pelo governo federal.