Nada deixa uma agência de publicidade mais feliz do que uma campanha viral. Milhões de impressões! Todo aquele BUZZ! Mas o que acontece quando a policia acredita que seu vídeo de um urso relaxando numa esquina é real? Simples: vários caras armados atrás do bicho.

O vídeo acima – que de alguma forma que só os publicitários entendem farão você comprar um tipo específico de gilete – é só um cara vestido de urso passeando por aí. A maioria das pessoas entendeu rapidinho que se tratava de um vídeo falso, um hoax. Mas as autoridades do zoológico de Cingapura ficaram preocupados a ponto de enviar uma equipe com 12 homens armados com tranqüilizantes para o local. Quatro policiais também compareceram à agência de notícia que divulgou o vídeo. E, claro, um grupo de proteção animal também estava lá.

A Philips pediu as desculpas necessárias, mas se eles acreditam no papo de que não há nada melhor do que uma publicidade negativa de vez em quando, eles devem estar bem felizes. Até porque o máximo que pode acontecer é um processo por perturbação de ordem pública, que renderia uma multa de cerca de U$750. Possivelmente mais barato do que o preço da roupa de urso usada. [AFP]