Compradores do WalMart fizeram piadas às custas do funcionário pisoteado

Nós já sabemos que as pessoas envolvidas na morte por pisoteamento de Jdimytai Damour na Sexta-Feira Negra foram deploráveis, mas poucos poderiam imaginar quão ruins as coisas foram de verdade.

O áudio amplificado a partir de um vídeo de celular combinado com relatos de testemunhas revelou comportamentos realmente monstruosos. Por exemplo: enquanto um paramédico lutava para salvar a vida do funcionário, uma transeunte gritou “Grávido!” quando a barriga de Damou foi exposta debaixo da sua camiseta. Diversas mulheres então riram do comentário.

Além disto, uma testemunha que sofreu uma fratura no braço no incidente descreveu uma cena caótica. Ela pediu para que um policial fizesse alguma coisa, dizendo: “Você não vê que a multidão está fora de controle?”, ao que o policial retrucou sarcasticamente: “Estou surpreso de não termos ouvido tiros ainda”.

Honestamente, eu não consigo expressar quão deprimente isto é. [Seattle Times via The Consumerist]

Sair da versão mobile