Toda vez que fico triste por não ter um hoverboard, lembro que “De Volta para o Futuro II” se passa em 2015. Ainda há tempo! E como esses desenhos de conceito originais mostram, há muito o que almejar.

Gosto de admirar visões legais do futuro, e essas em especial são ótimas – e algo realizáveis. Provavelmente porque foram projetadas por pessoas que planejavam montar tudo isso.

Nem todos esses designs, publicados pelo Pocket-lint, aparecem no filme. De qualquer maneira, é legal lembrar como era 2015 em 1989. E é triste eu ainda não ter um skate que voa. [Pocket-lint]