O iCloud, da Apple, surgiu no meio de uma nuvem de especulações. E ele promete não só sincronizar seus apps e suas músicas na nuvem, como também livros, fotos, vídeos e contatos. O melhor de tudo é que ele é gratuito. Entenda o iCloud.

Sistema centralizado

O iCloud irá guardar suas fotos, vídeos, músicas, contatos e outros arquivos, que poderão ser acessados de qualquer aparelho, seja ele um desktop, um notebook, um tablet, um smartphone ou um iPod touch.

Gratuito

Tirando o iTunes na nuvem, o iCloud é um serviço gratuito. Isso significa que os usuários terão 5GB para usar do jeito que quiser. Seja para subir vídeos, fotos, músicas, a escolha é sua.

iTunes na nuvem

O iTunes irá pegar suas músicas e jogá-las no ar, para o servidor da iCloud. Isso é um serviço separado que custa US$ 25 por ano para até 5 mil músicas. Se você já comprou músicas na iTunes Store, ele permitirá o download novamente de qualquer música em qualquer aparelho com iCloud. E, melhor de tudo, os não compradores de iTunes poderão brincar também.

Se você não construiu toda a sua biblioteca de músicas na loja da Apple, há uma solução que pode ser milagrosa e mirabolante: o iTunes Match. Por aqueles mesmos 25 dólares, a Apple fará uma atualização e misturará sua biblioteca com a deles, oferecendo arquivos AAC de 256 kbps, com a mesma opção de download de qualquer aparelho. Será que isso irá funcionar com um mar de músicas baixadas via torrent? Ainda não há certeza, mas não há razões para acreditar que seria impossível.

Ou seja, se você tiver um monte de CDs ripados ou uma coleção encontrada no site de torrent mais próximo, a Apple dará acesso ilimitado a tudo isso pela nuvem, em vários aparelhos, por 25 dólares anuais. Para completar, o que for baixado pelo iTunes Match não conta nos 5GB disponibilizados gratuitamente. O pessoal da RIAA deve estar chorando lágrimas de sangue.

Apps com integração para iOS e OS X

Várias habilidades do MobileMe foram reescritas em forma de apps que funcionam na nuvem e são profundamente integrados com os apps de aparelhos com iOS ou máquinas com OS X. Se você atualizar um contato em seu iPhone, ele será adicionado às listas de outros aparelhos da Apple. Adicione um novo evento no calendário do iCal e ele surgirá em seu iPad. O Mail funciona no mesmo esquema.

Streaming de fotos

Ao tirar uma foto, o usuário poderá mandá-la para o iCloud, e poderá ser baixada por computadores e outros aparelhos com iOS e ficará disponível nos servidores da Apple por 30 dias. Apps de fotos terão uma habilidade chamada Photostream, que criará uma grade com o ícone de todas as fotos.

Histórico de compra de apps

Lembrar quais apps você comprou na App Store pode ser difícil. Especialmente quando você precisa baixá-los de novo ou quer instalá-los em um novo aparelho. O iCloud agora monitora todos os apps que você tem, permitindo acesso rápido à lista e novo download direto dela, sem necessidade de entrar na loja.

Compatibilidade com o iWork

Agora que o iWork está presente em todos os aparelhos com iOS, ele também terá um sistema de salvar automaticamente uma cópia do trabalho feito na suíte, para acesso rápido por meio de outros aparelhos. A habilidade inclui o Pages, o Numbers e o Keynote.

APIs de terceiros

Apps para iOS e OS X terão API para armazenamento de documentos na nuvem. Isso quer dizer que apps como o Evernote poderão, com uma atualização, começar a guardar os documentos direto no iCloud.

Backups diários

Histórico de apps, configurações de aparelhos, novas fotos e apps, livros e músicas compradas serão enviadas ao iCloud automaticamente.