A Steam divulgou nesta quinta-feira (15) o novo console Steam Deck, que promete trazer toda a biblioteca da plataforma Steam em um aparelho portátil. Mas parece que o dispositivo já tem alguns obstáculos para lidar, já que, aparentemente, Apex Legends, Rainbow Six Siege e Destiny 2 são incompatíveis com o sistema operacional.

Como o SteamOS é baseado em Linux, há uma seleção limitada de jogos compatíveis. Para solucionar esse problema, a Valve desenvolveu um recurso chamado Proton, que é projetado para ajudar a executar títulos nativos do Windows no sistema Linux. Apesar de conseguir expandir a lista, existem algumas exceções.

De acordo com o ProtonDB, site que analisa se um jogo roda no Linux, quatro dos dez jogos mais populares da Steam não funcionam no SteamOS. O motivo? O software anti-cheat, que não consegue ler a ferramenta corretamente, tratando-o como um programa ilegal. Na maioria dos casos, os jogos são iniciados, mas seus sistemas anti-trapaça não. Com isso, os jogadores não conseguem jogar o modo multiplayer de alguns games, por exemplo.

Player Unknown’s Battlegrounds (PUBG), Destiny 2, Apex Legends, Rainbow Six Siege são um dos jogos não rodam no Steam Deck. Imagem: Divulgação

No site do console, a Steam prometeu que está trabalhando para melhorar o sistema até que ele fique pronto na data prometida de lançamento, conseguindo incluir mais jogos funcionais ao Steam Deck. “Estamos melhorando a compatibilidade de jogos do Proton e o suporte para soluções anti-cheat, trabalhando diretamente com os fornecedores”, explica a nota.

Assine a newsletter do Gizmodo

O Steam Deck chegará em dezembro de 2021 nos Estados Unidos, Canadá, União Europeia e Reino Unido. Mais regiões estão previstas para receber o console em 2022. Por enquanto, não há previsão de lançamento no Brasil.

[PC Gamer]