Ano novo chegou e com ele vem aquele misto de alegria e tristeza: muito calor, Sol, praias… e chuvas devastadoras que alagam e destroem cidades. Foi o que aconteceu no ano passado em várias cidades do Rio de Janeiro, com uma catástrofe que derrubou o ânimo de qualquer um que pulou sete ondinhas. Dessa vez, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) do Rio de Janeiro quer prevenir do que remediar: um site mostra em tempo real os níveis de precipitação de chuva no estado.

Para acompanhar em tempo real, é possível usar o site do Inea, um Twitter criado pelo instituto e uma página no Facebook. Dá também para se cadastrar via e-mail para receber alertas, com avisos específicos para cidade ou região — basta fornecer o DDD do local. Para fornecer os dados em tempo real, o sistema do Inea conta com 54 estações instaladas em diversas cidades do Rio de Janeiro. Elas fornecem dados de 15 em 15 minutos.

O grande trunfo da solução do Inea é trabalhar com prevenção: no ano passado, após a série de enchentes e deslizes que matou e desabrigou milhares, outras milhares de brasileiros doaram dinheiros e recursos para a cidade de Nova Friburgo. Surpresa: a cidade não usou nem metade da verba para novas casas e o dinheiro continua parado. Ou seja, faz mais sentido ainda se precaver. [Agência Brasil]