Eu sou um cético quanto à coisa toda do 3D em filmes e TVs. Mas acabei de jogar os primeiros 45 minutos de Metro 2033 em um PC topo de linha com 3D habilitado e, olha… putaquepariu.

Jogar em 3D atualmente exige bastante esforço da sua parte, ou ao menos bastante grana. Um representante da nVidia me contou que é possível conseguir um PC decente capaz de 3D por 800 a 1000 dólares, mas que a máquina onde eu joguei estava equipada com uma placa gráfica nVidia ainda não anunciada, dentro de uma torre de um metro de altura com a lateral em plexiglass para mostrar o sistema de resfriamento líquido. Claro, um PC menos poderoso também pode rodar 3D, mas se você quiser a melhor experiência, espere pagar caro.

Isso porque a jogatina em 3D basicamente requer o dobro de framerate para dar a mesma impressão de maciez que estamos acostumados, já que o computador estará processando um frame para cada olho, em vez de um para os dois. Um jogo que roda a 40 frames por segundo (bom) no seu computador, rodaria a 20 (péssimo) se estivesse rodando em 3D.

Até aí tudo bem. A menos que você seja um PC gamer realmente hardcore ou um early adopter nadando na grana, não há porque sair de casa agora e gastar quatro mil dólares numa máquina. O que foi emocionante sobre essa prévia foi a sensação que eu tive de estar olhando para o futuro próximo.

Afinal, a maioria das pessoas não usa o PC como máquina de games principal. Elas jogam em consoles. O PS3 vai ganhar capacidades 3D este ano através de algumas atualizações de firmware; a mesma coisa vai acontecer com o Xbox 360 a qualquer momento. Em qualquer caso, mesmo quando o PS3 e o Xbox 360 ganharem suporte ao 3D, você ainda vai precisar comprar uma nova HDTV 3D com suporte a HDMI 1.4 para tirar proveito, então não vai ser isso que vai trazer o 3D ao mainstream.

E já que o 3D requer o dobro de framerate, você não deve esperar ser capaz de jogar os jogos atuais em 3D mesmo quando o videogame se tornar capaz disso, já que muitos deles já estão espremendo o máximo possível de performance do jeito que são. Dobrar isso não vai funcionar muito bem.

Moscou pós-apocalíptica em três dimensões

Os gráficos de Metro 2033 são muito bons, com certeza, mas não são melhores do que qualquer grande lançamento do ano passado. O que tornou a experiência ótima foi o 3D. É incrível o quanto o efeito contribuiu para o clima do jogo.

Saindo de um túnel para uma Moscou pós-apocalíptica à noite, a minha visão foi inundada por flocos de neve e pó em algumas faixas de iluminação. Bem perto de mim eu via as rachaduras na minha máscara de gás, que representam o dano ao meu personagem. À média distância estavam alguns outros personagens e pilhas de destroços. No horizonte, uma torre enorme.

Cada nível de profundidade se sobressaía completamente, transformando o monitor em uma espécie de janela. Mirar se tornou mais fácil, já que eu conseguia imediatamente perceber a distância até um inimigo, mesmo quando nunca havia visto ele antes e, de outra forma, não teria muita noção da sua escala.

De volta aos túneis onde 70% do jogo se desenrola, tudo parecia muito mais próximo. Eu conseguia passar por uma porta arrombada e espiar as pessoas sentadas lá dentro, e a sensação era de realmente estar olhando para a privacidade de outra pessoa.

Quando você vai poder entrar na brincadeira

Em resumo, o 3D faz os jogos parecerem ainda mais reais do que antes. E estamos apenas no início. Com o Project Natal, a Microsoft será capaz de fazer head tracking, o que, combinado com o 3D, me parece realmente o futuro dos games em termos gráficos. Um novo console da Microsoft, com Natal e 3D inclusos e forte o suficiente para processar gráficos 3D com suavidade, mudaria completamente a forma como jogamos.

E apesar da tecnologia 3D ainda estar um pouco longe de se tornar barata, se você quiser mesmo ter a experiência agora, você pode. Os jogos atualmente já são criados em 3D, então é só uma questão de processamento tornar estes espaços 3D em algo que você possa enxergar em profundidade com os óculos. A Epic Games já anunciou que a sua Unreal Engine será compatível com 3D com o apertar de um botão, e vários jogos populares usam essa engine. Um PC com uma placa gráfica boa o bastante e um monitor de 120Hz pode rodar jogos em 3D agora mesmo, e com o nVidia 3DTV Play, anunciado ainda ontem, você poderá ligar o seu PC de games na televisão 3D da sua sala. Se você tem a motivação e a grana, portanto, você tem a habilidade de experimentar jogos em 3D agora mesmo.

Isso não vai chegar ao mainstream até que os consoles forcem isso. E isso provavelmente não vai acontecer em um futuro muito próximo, ao menos para os jogos mais populares, o que é uma pena.

Mas se você está pensando em curtir um 3D hoje e está pesquisando as suas opções de TVs e players Blu-Ray eu tenho uma coisa a dizer: você é louco se não considerar a aquisição de um PC para jogar em 3D. Você vai usar isso muito mais do que vai assistir Avatar.