A RIM segue a sua via crucis para reverter seu estado financeiro atual. A empresa, que divulgou ontem mais perdas, desta vez de US$ 222 milhões no segundo trimestre fiscal do ano, tem no BlackBerry 10, nova versão do seu sistema móvel, a grande aposta para dar a volta por cima. Os aparelhos só chegam no começo do ano que vem, mas por um deslize da equipe de marketing já sabemos que cara eles terão.

O vídeo vazado (abaixo) apresenta uma espécie de campanha publicitária onde um novo BlackBerry passaria de mão em mão, todos os dias, entre famosos e desconhecidos que fariam coisas legais com o celular e as compartilhariam com a galera. Ele revela dois dispositivos: um totalmente touchscreen e outro com o célebre teclado QWERTY físico dos BlackBerry e que lembra muito o Bold 9000. Não há menção a nomes, nem nada do tipo, mas cogita-se que eles serão membros das séries L e N, respectivamente. As aparições dos dispositivos no vídeo são bacanas, embora várias tomadas pareçam ser montagens/renders — o que não chega a surpreender em um vídeo institucional, especialmente um tão distante do lançamento dos aparelhos.

Nesta semana a RIM distribuiu um smartphone chamado Dev Alpha B, equipado com uma versão beta do BlackBerry 10, a alguns desenvolvedores. É bastante provável que se trate de uma versão mais rústica do L-Series. O BlackBerry 10 tem uns truques novos interessantes e, bem ou mal, é a maior (e talvez última) aposta da RIM para voltar a ter relevância e a fechar um trimestre no azul em um universo dominado por Androids e iPhones e com um Windows Phone ávido por um espacinho. O design dos novos smartphones parecem legais, não? Não? O que você achou? [CrackBerry via Cnet, The Verge]