Antes do Nexus 7 ser lançado, havia uma promessa de diversos tablets com Android a US$199, e o Acer Iconia Tab A110 era um deles. Só que, nesse meio-tempo, nenhuma grande fabricante trouxe tablets a esse valor, e a própria Acer está cobrando mais que o previsto.

O Acer Iconia Tab A110 chega no dia 30 de outubro aos EUA custando US$230. Mas ele terá dificuldade em concorrer contra o Nexus 7: os US$30 a mais trazem poucas vantagens – e várias desvantagens.

Tanto o Iconia Tab como o Nexus 7 têm o processador quad-core Nvidia Tegra 3, ambos têm 8 GB de armazenamento embutido, e ambos rodam a versão mais recente do Android, o Jelly Bean.

O Iconia tem algumas características muito interessantes que faltam no Nexus 7: mais notadamente, um slot para cartão MicroSD, que permite aumentar a capacidade do dispositivo em até 32GB. Ele também tem uma porta microHDMI, assim você pode assistir seus filmes e jogar na TV. Muito bom.

A maior desvantagem, no entanto, é a tela. O Iconia Tab A110 tem resolução de apenas 1024 x 600, o que leva a uma densidade de pixels irrisória de 170 PPI. O Nexus 7 tem 800 x 1280 pixels nas mesmas sete polegadas, e uma densidade de pixels de 216 PPI. Considerando que ler e assistir vídeos talvez sejam as principais coisas que você faria em um tablet deste tamanho, a tela pior é um problema. O Nexus também é um pouco mais leve e mais fino que o Iconia – e claro, é mais barato.

Depois do Nexus 7, outros tablets baratos com Android – e que não sejam xing-ling – ainda têm chance? [Acer]