Da série "dinheiro público não é mal gasto só no Brasil": o partido PRI, que domina a Câmara dos Deputados no México, gastou 1,5 milhão de pesos pra comprar iPads para 234 deputados do partido. O problema é que essa grana toda veio dos cofres públicos. Os políticos mexicanos vão usar a magia revolucionária do tablet da Apple em prol da população?

Os tablets de 16GB com Wi-Fi e 3G foram distribuídos na reunião anual do partido, num luxuoso hotel de praia. Segundo Francisco Rojas, coordenador da Câmara, o iPad será uma ferramenta de trabalho "indispensável":

"Ali vamos ter toda a informação do Congresso, todos os instrumentos jurídicos que são necessários consultar em quase todos os momentos", afirmou [Rojas].

Mas será que essa grana toda foi bem investida? Como comentaram cidadãos insatisfeitos no Twitter, pode ser mais fácil um político jogar Farmville no plenário que usá-lo para algo de fato útil. Vale lembrar que todo deputado tem escritório com computador e assistente.

Bem, se o partido gastou muito dinheiro sem bons motivos, pelo menos eles gastaram menos comprando em volume: no site da Apple, 234 iPads 16GB com 3G saem por 2,2 milhões de pesos, mas o PRI só pagou 1,5 milhão – foi um descontão de quase 50%! Por que o povo está reclamando? Ah, porque essa bolada poderia ser investida em projetos sociais bem mais proveitosos para a sociedade? Entendi. [Folha]