Os MacBooks são conhecidos por serem difíceis (se não impossíveis) de abrir e consertar por conta própria, mas isso sempre foi uma opção para quem é teimoso o bastante. No entanto, ao desmontar o novo MacBook rosa de 12″, a iFixit descobriu algo mais preocupante: parafusos com uma substância que muda se você mexer neles.

Durante o desmonte da geração mais recente do MacBook, a iFixit reparou em algo estranho nas cabeças dos parafusos que seguram a dobradiça: elas estão cheias de um material que se desintegra caso você coloque uma chave de fenda nelas, sinalizando se alguém tentou mexer neles.

É um composto diferente de fixadores comumente encontrados em parafusos de pequeno diâmetro. A explicação mais provável é que a substância mostra para a Apple se alguém abriu o laptop, tornando-o inelegível para garantia.

Este tipo de mecanismo antifraude é, infelizmente, comum em produtos de tecnologia de consumo, embora normalmente sob a forma de um adesivo inviolável.

É uma pena encontrar isto nos novos MacBooks, porque os laptops da Apple mantinham a possibilidade de fazer algumas modificações leves – como trocar o disco rígido por um SSD – sem anular completamente a garantia.

Além dos novos parafusos sorrateiros, não há muito digno de nota sobre o MacBook rosa. A bateria ficou ligeiramente maior, e o processador é mais recente – fora isso, é o mesmo laptop que deixou o público dividido no ano passado.

No caso da iFixit, eles não estão exatamente divididos: o chassi pequeno, os componentes proprietários e os parafusos invioláveis ​​resultaram na nota 1 de 10 na escala de reparabilidade.

[iFixit]

Foto por iFixit