Pelo menos quando você junta ópera. Na verdade, mesmo quando você deixa no mudo, o modo delicadamente sincronizado das pontes colapsarem conforme as cargas são detonadas é muito bonito, como balé. Com explosões. [VDOT via BoingBoing]