O detector de metal de uma prisão belga não funciona quando advogadas bonitas visitam o lugar, supostamente porque ele é muito sensível ao suporte de metal na frente do sutiã. Para garantir que elas não estão levando armas, as advogadas precisam tirar o sutiã para entrar na cadeia.

A prisão de Hasselt tem sido criticada por causa de seus detectores de metal com defeito, que aparentemente desenvolveu características de gente por causa dos momentos em que ele decide "quebrar".

Um representante de advogados criminais da cidade, Joseph Rowies, disse ao jornal Het Nieuwsblad que "as inspeções com detector de metal parecem ser muito difíceis de serem feitas quando uma advogada ou visitante jovem e bonita chega aos portões da prisão… Vez ou outra eles deixam o detector de metais disparar. Primeiro os sapatos, depois as joias. E, como o detector ainda dispara, eles exigem que a mulher tire o sutiã."

Engraçado que, quando a prisão testou os detectores de metais, eles descobriram que estavam "funcionando perfeitamente".

Acho que todo mundo sabe quem culpar aqui. Mais uma vez, a tecnologia é a culpada de tudo que há de ruim no mundo. [The Telegraph via Jezebel]