Se a ideia de colocar um termômetro lá onde o Sol não brilha para uma leitura precisa não te agrada muito, o novo Thermo da Withings, apresentado durante a CES 2016, fornece uma maneira bem menos incômoda, mas igualmente precisa, de medir a temperatura do corpo de uma pessoa com um simples toque na testa.

>>> Cama inteligente monitora seu sono para ajustar o colchão e sugerir novos hábitos
>>> Esta pulseira permite que você controle um robô BB-8 usando apenas a Força

Escondida por trás do corpo verde do Thermo está uma matriz com 16 sensores infravermelhos que localizam e medem rapidamente a assinatura infravermelha da artéria temporal que corre na lateral do seu rosto e em parte da sua testa. Em apenas dois segundos, os sensores fazem mais de 4.000 medições que são processadas com o uso de um algoritmo especial que corrige a temperatura ambiente e a perda de calor através da sua pele. Isso garante que o Thermo consiga fazer leituras precisas em questão de segundos.

thermo-2

Usar o Thermo é simples: basta posicioná-lo na testa de uma pessoa, pressionar seu único botão, e então esperar até uma vibração indicar que o dispositivo fez a leitura com sucesso. Os resultados são exibidos em Celsius ou Fahrenheit via uma tela LED branca invisível, enquanto um LED adicional que muda de cor indica possíveis os problemas de saúde com um alerta verde, laranja ou vermelho.

Em vez de se preocupar em precisar recarregar constantemente o Thermo, ele usa duas pilhas AA que duram até dois anos. E como muitos dispositivos de métricas modernos, ele consegue compartilhar as leituras de temperatura via Wi-Fi ou Bluetooth para um app de Android ou iOS que consegue guardar informações de múltiplos usuários.

O Withings Thermo será lançado em algum momento do primeiro trimestre desse ano e custará US$ 100. É consideravelmente mais caro do que modelos convencionais que nossos pais usavam, mas as crianças não vão precisar segurar mais nada embaixo do braço – e nem em nenhum outro lugar.thermo-3

Confira abaixo os principais lançamentos da CES 2016:

[Withings]