Curtir uma obra bem escrita, dirigida e atuada ao lado do seu/sua companheiro(a) pode render boas conversas que tornarão este final de semana com o seu amor ainda melhor. Normalmente as melhores histórias não são aquelas que retratam amores perfeitos, mas sim as que nos aproximam dos sentimentos mais viscerais, dos sentimentos capazes de gerar maior identificação. Nada melhor do que ver em um filme, o que você tem guardado no HD do coração.



Pensando nisso, em parceria com o Telecine, separamos algumas indicações para o dia dos namorados. Confira!

Um Corpo que Cai

Em São Francisco, o detetive aposentado John ‘Scottie’ Ferguson sofre de um terrível medo de alturas. Certo dia, encontra com um antigo conhecido, dos tempos de faculdade, que pede que ele siga sua esposa, Madeleine Elster. John aceita a tarefa e fica encarregado da mulher, seguindo-a por toda a cidade. Ela demonstra uma estranha atração por lugares altos, levando o detetive a enfrentar seus piores medos. Ele começa a acreditar que a mulher é louca, com possíveis tendências suicidas, quando algo estranho acontece nesta missão.

Nesse clássico, Alfred Hitchcock brinca com o espectador ao exibir um domínio impressionante sobre sua narrativa, que de início brinca com a espiritualidade para construir sua atmosfera, mas após a metade, cria uma ruptura inesperada, porém brilhantemente bem feita, transformando o que parecia ser um suspense sobrenatural num drama pesado e sufocante sobre as obsessões e loucuras de um homem, causadas por um sentimento que todos em comum: a paixão.

Assista no streaming do Telecine.

Antes do Amanhecer

Jesse, um jovem americano, e Celine, uma estudante francesa, se encontram casualmente em um trem para Viena e logo começam a conversar. Ele a convence a desembarcar na capital austríaca para viverem uma aventura de um dia. Gradativamente vão se envolvendo em uma paixão crescente, mas existe uma verdade inevitável: no dia seguinte ela irá para Paris e ele voltará ao Estados Unidos. Com isso, resta aos dois apaixonados aproveitar o máximo o pouco tempo que lhes resta.

A união entre os dois protagonistas fica mais forte pelos diálogos, cada vez mais profundos, e que sempre acabam se voltando para o puro existencialismo. E, talvez o maior acerto do diretor Richard Linklater, foi a sensibilidade de prestar atenção que, sempre que uma relação amorosa está aflorando, é necessário conhecer o outro, e para isso cada um conta um pouco sobre a sua própria vida para que o outro se sinta confortável em também o fazer, e, assim sendo, o filme conversa com o espectador sobre como o ser humano enxerga ele próprio no meio do mundo quando coloca Jesse e Celine para falarem sobre si próprios um para o outro. É verdadeiro, orgânico.

Assista no streaming do Telecine.

O Lado Bom da Vida

Pat Solitano Jr. perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e ele conhece Tiffany, que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros.

Os dois vivem com problemas psiquiátricos em recuperação. Solitano é um sujeito bipolar que teve uma crise que quase resultou na morte de alguém. Tiffany é agressiva, com dificuldade em superar a morte absurda de seu marido. Ainda que se estranhem inicialmente, ambos se encontram graças a amigos em comum e começam um projeto de mútuo benefício. “O Lado Bom da Vida” é um filme preocupado meramente com seus personagens e nas atuações – e eles não decepcionam.

Assista no streaming do Telecine.

Me Chame Pelo Seu Nome

Elio está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando Oliver, um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega. O primeiro, que tem 17 anos, é imediatamente fisgado pela postura confiante do segundo, de 24, um homem que parece existir no mundo com uma segurança displicente que quase passa por arrogância, mas que atrai o olhar e a atenção do garoto, que quer ser parte daquilo de um jeito que ele nem entende como.

Em nenhum momento esse desejo é considerado proibido. Nascido em uma casa multicultural, que fala sem engasgar em inglês, francês, italiano e alemão e celebra sem discriminar tradições judaicas e cristãs, Elio vê o mundo como uma mistura de tudo. Daí a fluidez no despertar da sua sexualidade, sem rótulos a serem questionados, apenas a urgência para satisfazê-la.

Assista no streaming do Telecine.

Tudo e Todas as Coisas

Maddie está prestes a fazer 18 anos, mas ela nunca saiu de casa. Desde a infância, a jovem foi diagnosticada com Síndrome da Imunodeficiência Combinada, de modo que seu corpo não seria capaz de combater os vírus e bactérias presentes no mundo exterior. Ela é cuidada com carinho pela mãe, uma médica que constrói uma casa especialmente para as necessidades da filha. Um dia, uma nova família se muda para a casa ao lado, incluindo Olly, que se sente imediatamente atraído pela garota através da janela. Maddie também se apaixona pelo rapaz, mas como eles poderiam viver um romance sem se tocar?

O roteiro do filme é extremamente simples, mas apresenta pontos interessantes. A primeira delas é a forma como o filme retrata as conversas entre mensagens de Maddie e Olly. Por enfatizar que a garota tem uma ótima imaginação, as cenas mostram os dois em lugares públicos conversando, se conhecendo e trocando confidências, seja em uma lanchonete, uma livraria ou até mesmo na rua. É interessante esse formato, pois ele foge da mesmice de acompanharmos dois personagens digitando no celular ou balõezinhos de textos aparecendo na tela.

Assista no streaming do Telecine.

Experimente grátis!

Telecine é um hub completo de cinema. Joint venture da Globo e dos maiores estúdios de Hollywood, reúne mais de 2.000 filmes, dos mais variados gêneros, selecionados a partir de uma curadoria especializada e comprometida, que alia tecnologia e inovação para promover a melhor experiência. Pela internet, a plataforma de streaming é a única dedicada exclusivamente ao cinema. Lançamentos e clássicos de grandes estúdios de Hollywood, nacionais e do mercado independente compõem o acervo mais completo de filmes. Líder de audiência na TV paga no Brasil, reúne em seis canais lineares segmentados por gêneros as produções que o público quer ver. Pela internet ou na TV, Telecine proporciona o seu momento cinema quando e onde você quiser.

Experimente grátis!