É normal que dicionários demorem algum tempo para incorporar palavras novas da língua, e o Aurélio acabou de fazer justamente isso: mais de três mil palavras da escrita contemporânea agora têm verbetes no dicionário. Se alguém não souber o que é blu-ray ou e-book, já sabe onde procurar: na internet no Aurélio.

O Aurélio pertence à editora Positivo, que faz parte do mesmo grupo que a Positivo Informática – então faz sentido que o dicionário receba verbetes ligados à tecnologia. O próprio Aurélio é moderninho: tem conta no Twitter e até versão para iPhone.

Com os novos verbetes, o Aurélio ficou 6% maior que sua versão anterior – uma forma legal de se comemorar o centenário do seu criador, Aurélio Buarque de Hollanda. Além das palavras de tecnologia, o dicionário finalmente sabe o que é nerd (geek também?) e aprendeu termos como botox, balada, sex shop e ricardão. Mas claro, se você precisar saber o que significa liberolenhoso ou busílis, ele também explica. [Aurélio Positivo via Info e G1]