A Disney vai banir anúncios da Netflix em seus canais de TV, segundo fontes familiares com a situação, relata o The Wall Street Journal.

A gigante de entretenimento havia informado no início do ano que não aceitaria anúncios de outros serviços de streaming rivais, mas acabou revertendo a decisão ao perceber que acabaria perdendo uma receita publicitária significativa vinda dessas plataformas que buscam anunciar nos diversos canais da marca. A única exceção foi a Netflix.

Segundo as fontes, no momento da decisão, a Disney avaliou se a plataforma poderia ser considerada como concorrente de negócios ou se haveria uma relação de anunciante. No entanto, como observa o WSJ, a Netflix não veicula anúncios em suas plataformas.

Em 2018, a Netflix investiu US$ 99,2 milhões em anúncios na TV, sendo que cerca de 13% desse total foram para os canais da Disney, segundo estimativas da empresa de mensuração de anúncios iSpot.TV.

O Disney+ já havia anunciado um valor de assinatura de US$ 6,99, mais barato que o da Netflix, o que já a torna bastante competitiva, considerando o tamanho e popularidade de seu portfólio de filmes e séries.

No início desta semana, a Amazon ainda anunciou uma parceria com a Disney para exibir títulos importantes, como Capitã Marvel, Vingadores: Ultimato, O Rei Leão, Toy Story 4, Grey’s Anatomy, The Walking Dead, American Horror Story e How I Met Your Mother. Com o novo rumor, a disputa entre serviços de streaming se mostra cada vez mais acirrada e um dos primeiros objetivos parece ser enfraquecer a Netflix.