Pouco tempo atrás, um cara de Los Angeles construiu uma premiada ponte da rua até sua sala de estar para manter sua Ferrari 512 BBi 1984 ao alcance do sofá. Agora a cidade quer que ele a derrube. Losers.

Holger Schibert, 43, vive em Brentwood, California. Sua Ferrari também vive em Brentwood; ele estaciona ela na frente de uma parede de vidro com vista para o oceano. A sala é conectada à rua através de uma ponte com três metros de comprimento e 4,5 de altura, e essa ponte tem uma rampa hidráulica numa extremidade que permite rolar o carro para dentro de casa usando nada além da gravidade. A garagem, que Schibert chama de “um espaço cujo único propósito é apreciar o carro”, ganhou o concurso Design Driven da revista Architectural Digest’s em 2009, e foi reconhecida pela Maserati como um exemplo de excelência construtiva para caras perspicazes e cheios da grana.

Cool ou não, o Los Angeles Times avisa que tudo pode caminhar para um impasse. Os vizinhos de Schubert reclamaram sobre a ponte, alegando que, apesar da permissão concedida pela prefeitura, trata-se de um precedente perigoso que "pode prejudicar bairros em encostas por toda a cidade”. Como resultado, planejadores da cidade retiraram a permissão para a ponte, o que prova que A) a Califórnia é a coisa mais próxima de um estado policiado pela ralé, e B) Brentwood odeia a liberdade Berlinetta Boxer com injeção eletrônica.

Como referência, a garagem de Schubert e sua rampa custaram 1,5 milhão de dólares para serem construídas. Ele demoliu uma estrutura anterior com três vagas para fazê-lo.

por Sam Smith

Crédito das fotos: Ricardo DeAratanha/Los Angeles Times

[L.A. Times]