A SpaceX disse que sua nave cargueira Dragon completou sua reentrada com sucesso na manhã de sábado depois de passar mais de um mês ancorada na Estação Espacial Internacional (ISS), carregando mais de duas toneladas de carga, incluindo equipamentos científicos, hardware de fabricação experimental e ratos de laboratórios vivos.

• SpaceX divulga imagens do Falcon Heavy de pé na base de lançamento
• O lançamento do foguete “alien” da SpaceX gerou um incrível timelapse

De acordo com o Space.com, essa foi a 13ª viagem de reabastecimento da SpaceX à Estação Espacial Internacional. A espaçonave Dragon começou a se separar do módulo Harmony da estação antes que o braço robótico a movesse para uma distância segura. Ela então disparou seus propulsores para a reentrada e foi, enfim, recuperada no Oceano Pacífico, na costa da Baja California.

Outros itens a bordo incluíam lixo e equipamentos de que a tripulação da Estação Espacial Internacional não precisava mais.

(A #Dragon, da @SpaceX, foi lançada da estação hoje, às 4:58am ETI, para trazer de volta para a Terra aproximadamente 1,8 tonelada de carga experimentos científicos da estação.)

(As três combustões de partida para a Dragon deixar a @Space_Station estão completas.)

(Confirmada a boa amerissagem da Dragon, completando a segunda missão de reabastecimento de e para a @Space_Station com uma espaçonave comercial comprovada em voo.)

Embora uma série de espaçonaves, incluindo as russas Progress, a japonesa HTV e a Cygnus, da Orbital ATK, abasteçam a Estação Espacial Internacional, como apontou a CBS, a Dragon, da SpaceX, é, no momento, a única nave cargueira automatizada a serviço da ISS capaz de trazer materiais de volta, com segurança, para a Terra.

Segundo o TechCrunch, a aterrissagem foi a segunda viagem de ida e volta para a ISS bem-sucedida dessas cápsulas específicas da Dragon. O módulo inicialmente chegou à ISS a bordo de um dos foguetes Falcon 9, da Space X, sendo esta a primeira vez que a empresa reutilizou tanto seu foguete de primeiro estágio quanto a carga de missões anteriores. Os veículos de lançamento reutilizáveis da SpaceX trazem economias substanciais em comparação com foguetes de uso único, embora exijam uma grande remodelação entre as missões para trazê-los de volta à sua capacidade operacional.

[TechCrunch]