O futuro do tráfico de drogas aparentemente está nos drones. A polícia de fronteira dos EUA recebeu a informação de que um drone caiu no estacionamento de um shopping mexicano em Tijuana.

>>> Drone CUPID ataca intrusos com um choque de 80.000 volts

Foram encontrados 2,7 kg de metanfetamina entre os destroços de um Spreading Wings 900, da DJI, que custa cerca de US$ 1.400.

O drone tem uma autonomia de 18 minutos, o suficiente para viajar distâncias consideráveis, mas parece que os traficantes gananciosos – e ainda não identificados – colocaram uma carga muito pesada, causando o acidente.

Autoridades da fronteira entre EUA e México estimam que cerca de 150 drones contrabandearam drogas para os EUA desde 2012. À medida que a tecnologia se torna mais sofisticada, eles se tornarão um problema crescente para os agentes de repressão às drogas em todo o mundo – inclusive no Brasil.

No ano passado, um drone despejou um pacote com 250 g de cocaína dentro de um presídio em São José dos Campos (SP). A droga foi apreendida por agentes penitenciários. [Mashable]

Foto por Secretaría de Seguridad Pública Tijuana/Facebook