A qualquer dia e horário da semana ou do mês, uma cachorro de porta de boteco ganha mais a minha confiança do que um porta-voz de empresa grande de tecnologia. Dito isso, a Microsoft negou oficialmente a suposta estratégia de que vai lançar o Project Natal com 14 jogos em novembro de 2010, com um preço baixo o suficiente para torná-lo uma "compra por impulso". A declaração foi simples: "[as supostas informações vazadas] não estão corretas, são apenas rumores". Então tá. [Gamesindustry via Kotaku]