Isso foi inesperado. Depois de um megalançamento, a Apple soltou um convite para a apresentação da "Nova geração do software para iPhone." Na quinta-feira desta semana. Estaremos lá. Enquanto isso, veja o que esperamos – e o que queremos – que seja mostrado por Steve Jobs:

 

Previsões
Essas são as mudanças que nos parecem mais prováveis, e que já foram rumores previamente. Como não sabemos de qualquer coisa com certeza por enquanto, estamos sendo conservadores.

* Multitarefa: Isso pode significar várias coisas diferentes. Desde programas simplesmente alternáveis como no desktop ao multitarefa falso – processos sendo congelados para parecerem que nunca foram fechados. Isso também pode ser colocado na lista de "o que queremos", já que o iPad foi lançado tipo ontem e não permite o multitasking em aplicativos não-Apple e não é inconcebível que a Apple continue sendo cabeça dura com algo assim. Mas a questão é: se eles não apresentarem isso, o que eles podem mostrar?

* Novos elementos de interface: Não espere um novo paradigma, algo muito diferente, já que com o iPad a Apple mostrou que está bem satisfeita com o conceito básico do iPhone OS. Mas espere mais coisas de acordo com o que foi mostrado no iPad, como divisão de telas e mais menus de contexto.

* Sincronização de arquivos: o iPad faz isso, de certo modo, e não há motivos para o iPhone não ter o recurso.

 

O que queremos

* Melhor esquema de notificações: todo mundo, do Google à Palm e Microsoft (no Windows Phone 7) tem um sistema de notificações melhor que o do iPhone. Há muita coisa rolando em um iPhone padrão (Twitter, e-mail, IM, RSS) para o usuário confiar em notificações pop-up, especialmente se ela só aparece uma vez, não fica armazenada em qualquer lugar, e interfere no que você está fazendo.

* Streaming via iTunes: Há vários aplicativos legais (mas pagos) que permitem você a acessar conteúdos remotamente com o seu iPhone. Um monte de gente já tem todo o seu conteúdo organizado pelo iTunes, então streaming nativo – preferencialmente por 3G também – seria ótimo.

* Uma tela inicial ativa: algo além de um grid de aplicativos seria legal, como papeis de parede animados ou widgets. Até mesmo mais informações aparecendo quando ele estivesse travado seria suficiente.

* Tethering com iPad: seria ruim para a AT&T, a parceira do iPhone nos EUA, e o modelo 3G do iPad que a Apple vai começar a vender no fim do mês, mas sério, há tantos usuários de iPad hoje nos EUA pagando por planos de dados ilimitados do seu iPhone… Pode ser que não role de usar o iPhone como modem em qualquer lugar (no Brasil, nem todas as operadoras permitem. Nos EUA, nenhuma), mas uma parceria com o iPad já seria bacana. 

 

E vocês? O que esperam/querem no próximo sistema operacional do iPhone? Digam nos comentários