O procurador do distrito de San Mateo, nos EUA, concluiu o caso sobre o protótipo do iPhone que nós mostramos no ano passado. Felizmente, ninguém de nossa equipe será processado.

Eis o comunicado oficial de nossa empresa-mãe, a Gawker Media, sobre o assunto:

Estamos contentes em saber que o procurador do distrito de San Mateo, Steven Wagstaffe, concluiu, após revisar todas as evidências,que nenhum crime foi cometido pela equipe do Gizmodo em relação às notícias do protótipo do iPhone 4 no ano passado. Apesar de termos a certeza sempre de que trabalhamos dentro da lei, o caso foi inevitavelmente estressante para o editor envolvido, Jason Chen, e nós ficamos felizes por finalmente colocar um ponto final ao assunto.

Já Brian Hogan,  e Sage Wallower, que encontraram o aparelho, agora terão de responder por posse indevida de propriedade perdida e posse de propriedade perdida.

Abaixo, o comunicado oficial do procurador:

iPhone Press Statement 8-10-11

iPhone Press Statement 8-10-11