Após ter comprado a Bethesda, a Microsoft ainda não deu muitas pistas do que irá fazer com a exclusividade dos jogos. Um de seus principais futuros títulos, o Starfield, no entanto, deverá ser exclusivo de Xbox e PC. Pelo menos é o que afirma o jornalista, Jeff Grubb, do site VentureBeat.

Apesar do histórico que a Microsoft tem de distribuir jogos para diversos consoles, como ocorre com o Minecraft, os executivos têm planos diferentes para a Bethesda. No caso do Minecraft, trata-se é um jogo de desenvolvimento aberto e coletivo, por isso faz mais sucesso – e lucro – quando está disponível para mais pessoas.

Já o Starfield se torna mais valioso com os direitos de distribuição exclusivos para os consoles Xbox e PCs. De acordo com Grubb, a Microsoft deposita nele a esperança de expandir o serviço Game Pass, assim como a maioria dos lançamentos da Bethesda que ainda estão por vir.

Cadê a grana?

Porém, o dinheiro não viria do jogo em si, mas o interesse da Microsoft vai além. Os executivos estão de olho no marketing que conseguiriam tornando esses jogos exclusivos para seus clientes pelo Game Pass.

Assine a newsletter do Gizmodo

Se a Microsoft acertar nessa aposta, o ingresso de novos clientes no Games Pass poderia, sim, ser mais vantajoso que a comercialização para PS5.

Starfield será uma nova aventura espacial criada pela Bethesda Game Studios. O game é a primeira IP nova dos criadores de “The Elder Scrolls” e “Fallout” em 25 anos.

Confira o vídeo promocional do jogo: