A decisão do Google de consolidar todos os dados coletados de todos nós deixou boa parte da internet em choque. Após o Congresso americano levantar uma sobrancelha sobre o assunto, o Google publicou sua resposta oficial ao caso. Leia a resposta clicando aqui.

A carta destinada ao Congresso, que nós podemos entender que é direcionada a todos nós mais do que para alguém do governo, segue os padrões do Google: nós estamos rastreando você de forma mais eficiente para “melhorar sua experiência”. Se você concorda ou não com tal argumento, pouco importa. Claro, eles criaram um modo mais fácil de o usuário gerar um perfil compreensivo de quem você é no mundo virtual. Sim, você pode optar por não participar de parte das mudanças. Sim, você pode usar o Bing se você quiser. Sim, a ideia do Google usar suas buscas no YouTube para entregar publicidades mais customizadas nos assusta.

Não há nada relevador na carta, mas ainda assim trata-se da resposta mais direta do Google sobre o caso. [Google; Imagem via AP]