Elon Musk tem estado quieto no Twitter desde que ele chamou um dos mergulhadores que ajudaram a salvar as crianças da caverna da Tailândia de pedófilo. Ele apagou os tuítes, mas o mergulhador, Vernon Unsworth, disse que estava considerando tomar ações legais pela afirmação do bilionário. No entanto, agora Musk meio que pediu desculpas.

A meia desculpa de Musk veio em forma de resposta ao tuíte de uma outra pessoa. O tuíte defende as ações de Musk na Tailândia e diz que o “jornalismo está morto”. O tuíte também conta com um link de um post do Quora (plataforma de perguntas e respostas) que descreve a cobertura sobre Musk como uma “conspiração de notícias falsas”.

Mergulhador chamado de pedófilo por Elon Musk considera processá-lo por difamação

Em seu tuíte, Musk começa explicando que suas palavras foram faladas “em um momento de raiva”, pois Unsworth disse “várias inverdades e sugeriu que eu devesse me engajar em um ato sexual com o mini-submarino”. O mergulhador disse que o mini-submarino era um “golpe de relações públicas” e “não tinha chance de funcionar” no contexto em que eles estavam. Além disso, Unsworth disse para Musk enfiar o “submarino onde ele quisesse”.

O bilionário disse que construiu o mini-submarino em um “ato de bondade” e que seu equipamento cumpria as especificações do líder da equipe de mergulho. No entanto, muitos especialistas sugeriram que a solução de Musk era ridícula.

“Como este artigo bem escrito sugere, minhas palavras foram ditas em um momento de raiva, após o senhor Unsworth ter dito várias inverdades e sugerido que eu me engajasse sexualmente com o mini-submarino, que foi feito como um “ato de bondade” e segundo especificações do líder da equipe de mergulho.

Não obstante, as ações dele contra mim não justificam minhas ações contra ele, e por isso, eu peço desculpas ao senhor Unsworth e às companhias que eu represento como um líder. A culpa é única e somente minha.”

Em um segundo tuíte, Musk disse que “as ações dele [o mergulhador] contra mim não justificam minhas ações contra ele” e pediu desculpas a Unsworth. Na mesma sentença, ele também pediu desculpas “às companhias que eu represento como líder”. Ele finalizou suas desculpas dizendo que “a culpa é única e inteiramente minha.”

Por que Musk pediria desculpas às empresas que ele lidera, como SpaceX e Tesla? Provavelmente, pelo fato dos seus tuítes terem motivado uma grande queda de preço de ações de suas empresa de automóveis. A Tesla teve uma queda de 3% em seu valor depois dos tuítes iniciais de Musk acusando o mergulhador de ser pedófilo. Em inglês, Musk usou o termo “pedo guy” e ainda reafirmou suas acusações para diversas pessoas na internet após terem pedido que ele se acalmasse.

Não está claro se Unsworth seguirá com o processo contra Musk nem se o bilionário vai pedir desculpas pessoalmente a Unsworth. O que está claro é que Musk não tem nada a ganhar perdendo seu tempo no Twitter. Se ele soubesse o quanto o uso exagerado pode prejudicá-lo, ele já teria, inclusive, saído da rede. No entanto, tem algo na rede que ele não consegue se livrar.

Teria relação com os elogios incontáveis de seus fãs em sua defesa mesmo para seus atos mais estúpidos? Bem, à essa altura só podemos especular. Mas sim, parece que é 100% isso.

Imagem do topo: Getty Images