Elon Musk não sonha pequeno. Ele comanda a SpaceX, com foguetes que voltam à base para serem reutilizados; e é a mente por trás do Hyperloop, que pode ser o futuro do transporte. Sua ideia mais recente – cobrir a Terra e Marte em internet – é ainda mais ousada.

Rumores já diziam que Elon Musk usaria a SpaceX para colocar em órbita uma constelação de satélites para fornecer internet. Ele mesmo confirmou que está pensando nisso, e uma reportagem da BusinessWeek tem mais pormenores. Alguns são esperados; outros, nem tanto.

Musk usará cerca de 700 pequenos satélites para fornecer cobertura global de internet. Ao usar satélites menores localizados mais perto da Terra, o bilionário acredita que pode colocar o sistema em órbita a custos reduzidos.

Além disso, a menor distância em relação à Terra diminuiria a latência, e proporcionaria uma velocidade maior do que existe atualmente em internet via satélite.

Na verdade, de acordo com a BusinessWeek, Musk não planeja apenas conectar o terceiro mundo à internet, como querem Google e Facebook. O sistema de satélites pretende rivalizar em velocidade até mesmo com redes de fibra óptica já existentes.

Musk está pensando grande em outro aspecto: Marte. Ele tem a ambição de estabelecer uma colônia marciana, e ela precisaria de algum tipo de rede de comunicações. O empresário acredita que os satélites são a maneira mais fácil de fazer isso.

Ainda não há um cronograma imediato para quando Elon vai levar a internet ao espaço, mas aparentemente “50 a 60 funcionários” usarão o escritório em Seattle da SpaceX para começar a trabalhar no projeto. Essa equipe deve crescer dramaticamente ao longo dos próximos anos. [BusinessWeek]

Foto por Associated Press