A Tesla anunciou recentemente o Model 3, carro elétrico mais acessível da empresa que promete até ser lançado no Brasil. No entanto, ele não é exatamente barato, custando a partir de US$ 35.000. Se Elon Musk quer mesmo resolver problemas de transporte, ele estaria projetando um ônibus elétrico. Ele fez alguns comentários numa conferência sugerindo que está fazendo algo próximo a isso.

Em um evento de transporte patrocinado pelo governo norueguês, Musk revelou – de forma tímida, como sempre – que a Tesla está trabalhando em um projeto secreto para melhorar a mobilidade urbana:

Nós temos uma ideia de algo que não é exatamente um ônibus, mas que resolveria o problema da densidade em situações intermunicipais. Acho que precisamos repensar todo o conceito de transporte público e criar algo que as pessoas realmente apreciem muito mais. Eu não quero falar muito sobre isso.

Quando o entrevistador perguntou se ele estava falando sobre o Hyperloop – transporte movido a energia solar que levaria pessoas a até 1.200 km/h – ele disse que não. “Existe um novo tipo de carro ou veículo que seria ótimo, na minha opinião, e realmente levaria as pessoas para o seu destino final e não apenas para o ponto de ônibus”, disse ele. “Veículos autônomos são fundamentais.”

O que Musk está propondo soa como um veículo autônomo que levaria pessoas para estações de ônibus ou trem que ficam longe demais para se chegar andando.

Planejadores de transporte chamam isto de “problema da primeira milha/última milha”: isto é, transportar pessoas em áreas suburbanas ou menos densas para estações de trem/ônibus sem obrigá-las a dirigir um carro. Isso é algo difícil para agências de trânsito resolverem, e algumas cidades estão trabalhando diretamente com o Uber e o Lyft para transportar pessoas nesses locais.

Imagine, por exemplo, uma van da Tesla que usaria a sua função de piloto automático para levar quatro pessoas numa viagem compartilhada. Assim como o UberPool ou LyftLine, seria possível encaminhar a van de forma eficiente pelas ruas com base no destino dos passageiros.

Além de proporcionar uma conexão mais rápida e direta para a primeira (ou última) etapa da sua viagem, esta solução ajudaria a aliviar congestionamentos, já que seriam até quatro veículos privados a menos na estrada no momento mais movimentado do dia.

Eu também gosto que Musk está abordando a questão “nem todos podem ter carros”. Os carros elétricos são uma solução melhor do que aqueles que queimam combustíveis fósseis, por isso é bom que a Tesla esteja vendendo muito.

Mas uma das maiores preocupações sobre veículos elétricos autônomos é que eles incentivem mais pessoas a comprar carros, levando a um trânsito mais engarrafado. Se Musk apresentar um Tesla que é projetado para ser compartilhado, isto poderia ter um impacto tão grande quanto a venda avulsa de carros Model S.

[Electrek]

Musk explicando seu plano de transporte público autônomo na Noruega. Foto por Samferdselsdepartementet/Flickr