A Balmuda é uma empresa japonesa que desenvolveu uma torradeira umidificante há cerca de seis anos. Ela tornou-se famosa pelo equipamento capaz de produzir fatias de pão fofas, mas perfeitamente douradas.

Esse gadget mágico para torrar pães chegou apenas recentemente aos Estados Unidos. Mas depois de se tornar conhecida no Japão por suas versões modernizadas de gadgets de cozinha, a empresa começou a produzir outros eletrodomésticos, como ventiladores, lanternas, um aspirador de pó e até mesmo um alto-falante.

A próxima incursão da Balmuda será produzir um smartphone. Ela contou com a ajuda de veteranos da indústria, como a Kyocera, para fabricar o dispositivo 5G. O smartphone será projetado para uso específico na rede da Softbank no Japão, e haverá uma versão sem SIM disponível para compra. O CEO da empresa, Gen Terao, disse ao The Next Web que o telefone não seria apenas mais um aparelho e que iria oferecer aplicativos proprietários para torná-lo um smartphone “ótimo para uso diário”.

Assine a newsletter do Gizmodo

Não há detalhes sobre onde ou quando o smartphone da Balmuda será lançado. Dispositivos Android como esse normalmente não ganham muita tração porque são de nicho e localizados. A empresa provavelmente está fazendo apenas um teste para ver como se sairia, emprestando seu nome a dispositivos que poderiam ser vendidos em grande escala. O iPhone atualmente domina o Japão, com 66% dos usuários no iOS. O telefone da Balmuda terá de competir com os demais fabricantes de Android que disputam uma fatia do mercado remanescente.